Sai ao sábado #2

Diz que vem Sol e calor para amanhã, por isso, aqui ficam duas sugestões de leitura para levar para a praia. Uma mais para as meninas e a outra para toda a gente:

– Quando nas primeiras páginas do “Runing like a girl” li “Running is awful. It feels unnatural, unnecessary painful. (…) It isn’t a warm fire or a deep sofa or a cup of tea and a smile.” Tive a certeza que me ia rever no livro e ia adorar! O livro não é tanto uma ode à corrida mas antes o relato de uma rapariga que resolveu um dia começar a correr, se calhar por não ter mais desculpas para não o fazer e, apesar de ter odiado, por um motivo ainda mais estranho, não desistiu da ideia. Vamos percebendo que se a rapariga do livro conseguiu nós também conseguimos. Lê-se bem e é um óptimo estímulo para quem, como eu, não acredita que algum dia vá conseguir correr uma maratona.

– Qualquer maçarico que tenha resolvido que ia começar a correr, em Portugal, já se cruzou virtualmente com o blogue Correr na Cidade e na vida real com algum dos elementos da crew e ficou fã! Foi um dos sites que li e reli quando me apercebi que, independentemente de ser mais lenta que uma lesma velha, a corrida tinha vindo para ficar. O essencial está lá: reviews de equipamentos, recaps de provas, dicas de saúde e para além disso, sessões de treino para todos os gostos e feitios e alguns eventos organizados por eles. Para quem quer saber mais sobre corrida, provas e novidades, é passar por lá!